quarta-feira, 15 de julho de 2020

Líder muçulmana dos Black Lives Matter declara que brancos não são humanos e apela ao seu extermínio

1. Eles querem matar os brancos todos


Os pais da muçulmana Yusra Khogali emigraram do Sudão, em África, para o Canadá. Se a Yusra lá tivesse ficado, teria passado pela mutilação genital feminina, não teria ido à escola e estaria por esta altura casada com um polígamo qualquer que a encheria de filhos, trabalho e porrada.
Além de advogar uma guerra de extinção contra os brancos, ela usa uma camisola com os dizeres: "ROUBADA DE ÁFRICA". Ela acredita que o Canadá a raptou do paraíso africano e mantém escrava e oprimida por um sistema racista.
Isto não é um fait-divers, uma palermice desgarrada - isto é a ideologia oficial dos Black Lives Matter e da extrema-esquerda.
A guerra racial está aí, e a guerra civil está já ao virar da esquina. O movimento supremacista racista Black Lives Matter gera racistas negros... e brancos.
Já se ouve muita gente a dizer: "Eu não era racista, mas perante o que está a passar-se...". Supremacistas racistas brancos e negros esfregam as mãos.

Já tínhamos falado da muçulmana sudanesa, racista e supremacista negra, líder dos Black Lives Matter e destacada proponente do assassinato de todas as pessoas brancas,  Yusra Khogali. Foi neste post:

Supremacistas Negros em carros topo de gama gritam "MATEM OS BRANCOS!":



Veja também na FOX.



2. A supremacia da raça negra "cientificamente" explicada
Se Yusra Khogali fosse branca e advogasse o assassinato em massa de todas pessoas negras, seria presa. Como é negra, é alvo de homenagens. Foi distinguida pela cidade de Ontário pela sua "liderança exemplar", veja-se bem! As pessoas que ela quer matar... premeiam-na! Esta racista genocida é idolatrada pelos media e pela Esquerda em peso.
Este tweet ainda é do tempo em que a encantadora Yusra pedia forças ao deus Alá para não matar os brancos todos. Depois acabou por assumir o genocídio dos brancos como prioridade. E os brancos... aplaudem! Senão, são "racistas"!!!
Aprecie a clarividência científica da  Grande Líder:


Num tweet que ressurgiu recentemente, Yusra Khogali, co-fundadora dos Black Lives Matter Toronto, embarcou em reflexões biológicas sobre os brancos (NDT: um tipo de Biologia muito ao jeito dos nazis):



 Passamos a traduzir o tweet:

"Os brancos não são humanos. Na verdade, a pele branca é sub-humana."
"A melanina permite ao negro captar a luz e a mantê-la em modo de memória, o que revela que a negritude converte luz em Conhecimento".

"A melanina comunica directamente com a energia cósmica".
"É por isso que a indigenidade de toda a Humanidade vem da negritude".

"Nós, os negros, somos os primeiros e os mais fortes de todos os seres humanos e a nossa genética é a base de toda a Humanidade".

"A melanina é essencial para o desempenho eficiente de todas as funções naturais do corpo".

"É POR ISSO QUE

Os brancos são deficientes genéticos recessivos. É factual".
 
"Os brancos precisam da supremacia branca como um mecanismo para proteger a sua sobrevivência como povo, porque tudo o que podem fazer é produzir-se a si mesmos. Os negros, com os seus genes dominantes, são capazes de literalmente acabar com a raça branca se tivermos o poder."


A muçulmana sudanesa Yusra Khogali considera os brancos uma raça defeituosa que não merece viver (como Hitler considerava os judeus).

Khogali afirma que os brancos têm uma "alta concentração de inibidores de enzimas" que impedem a produção de melanina, antes de acrescentar que a melanina é importante para várias coisas, como força óssea, inteligência, visão e audição.
Num acesso de misticismo (talvez causado pelo abuso de certas substâncias), ela ainda acrescenta que "a melanina comunica directamente com a energia cósmica".
Depois de ter sido criticada por este tweet, Khogali respondeu:

“Eu não sou funcionária pública. Eu não sou polícia. O Estado não me fornece armas letais. Eu nunca contribuí para o estigma maciço de uma comunidade inteira. Tudo o que fiz foi usar uma frase, uma figura retórica, para expressar a minha frustração e me atrever a ser uma pessoa que exige justiça".
As postagens foram excluídas após alvoroço na Internet.

Os Black Lives Matter viraram-se contra a Esquerda que os engendrou e promoveu.


O Black Lives Matter é criticado pela sua ideologia marxista e pelo racismo violentamente anti-branco de alguns dos seus membros. O objectivo desse movimento parece ser desmantelar a sociedade americana (destruição da Família, ideologia LGBT, erradicação de símbolos do passado e da História) e promover uma versão multicultural moderna da ideologia marxista.

Em entrevista em 2015, uma das co-fundadoras do movimento, Patrisse Cullors, admitiu que vários líderes do BLM (inclusive ela) haviam sido "treinados em marxismo". Ela também exigiu a renúncia de Trump num programa recente com Jake Tapper na CNN.

Recentemente, Irami Osei-Frimpong, assistente na Universidade da Geórgia, disse: "Lidar com os brancos exige habilidade. Essa é realmente uma das razões pelas quais apoio escolas inclusivas. A luta contra os brancos deve tornar-se um hábito."

Frimpong agradece a hospitalidade dos americanos: "Devemos habituar-nos a lutar contra os brancos".

Levando a demagogia ao ponto do absurdo, Yusra chegou ao ponto de afirmar:
"Alguns brancos podem ter que morrer para que as comunidades negras possam finalmente ser realizadas, nesta luta pelo progresso em direcção à liberdade".

Fonte: Conservative FightersAnguille sous roche
Fonte: BLM Toronto leader believes white people are sub-human, calls them ‘genetic defects’
A base "científica" das elocubrações de Yusra, a "Teoria da Melanina":
[…] A teoria da melanina (Melanin Theory) é uma teoria pseudo-científica racista, supremacista, segundo a qual a taxa de melanina na pele das pessoas lhes dá vantagens físicas, espirituais e intelectuais […]
Fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Th%C3%A9orie_de_la_m%C3%A9lanine

 Traduzido de:

https://www.europe-israel.org/2020/07/yusra-khogali-co-fondatrice-de-black-lives-matter-les-blancs-ne-sont-pas-humains-la-peau-blanche-est-sous-humaine-sil-te-plait-allah-donne-moi-la-force-de-ne-pas-tuer-ces-blancs/


A mesma notícia, no site Nação Mestiça:

Líder de ONG preta afirma que brancos são ‘sub-humanos’ e que pretos poderiam aniquilá-los


3. Começaram por atacar judeus, agora atacam pessoas propriamente ditas
Os judeus desde há décadas que são os alvos preferenciais dos negros nos Estados Unidos), perante a total indiferença de uns e alegria de outros.
Mas agora os negros racistas sentem-se suficientemente apoiados pela  Esquerda para declararem guerra a todos os brancos. E estão a fazê-lo.
Yusra já declarou guerra ao governo e ao Primeiro-Ministro canadiano, que até são de extrema-esquerda. Por todo o lado, os negros racistas estão a voltar-se até contra os esquerdistas brancos.
Estamos num plano inclinado para uma guerra racial (e os judeus vão, como sempre, apanhar de ambos os lados, pois os negros consideram os judeus brancos e os brancos consideram os judeus não-brancos) .




Via:

https://www.breakingisraelnews.com/141044/all-antisemitic-incidents-in-us-caught-on-video-in-2019/


Escrevemos aquando deste post:
"Quem se alegra com isto deve lembrar-se que o que começa com os judeus nunca se fica apenas pelos judeus. Somando uma série de originalidades (irritantes para alguns), os judeus são o barómetro habitual do mal-estar nas sociedades. Quando os judeus começam a ser procurados como bode expiatório, a coisa tende a atingir outros grupos humanos logo a seguir".
E aí está...
Teologia da substituição: os negros matam judeus porque acham que eles é que são os "verdadeiros judeus". Os muçulmanos e os cristãos também se acham os "verdadeiros judeus". Toda é gente é um "verdadeiro judeu" - menos os judeus!

Novo massacre de judeus em Jersey, EUA


4. E COMO SERÁ UMA SOCIEDADE GOVERNADA PELOS SUPREMACISTAS NEGROS?
Em Seattle tivemos uma amostra:

Viva Raz Simone, Rei de CHAZ (outrora Seattle)!!!

CHAZ - Onde o bué acaba e o orgasmo começa!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Felipe Neto recomenda SODOMIA

  Olavo de Carvalho avisou - é atrás das crianças que eles andam! Felipe Neto, o ídolo da juventude, o queridinho do Sistema, o modelo para ...