terça-feira, 26 de setembro de 2023

A Suástica Arco-Íris: Organização


"Pandemia", "aquecimento global", "racismo estrutural", "sustentabilidade", "género", continuamente somos bombardeados pela jornaleirada a soldo dos Donos do Mundo, com ideias e modas aberrantes, e estúpidas. O Globalismo, juntamente com o Socialismo/Comunismo e o Islamismo, é um dos três galos para o poleiro do domínio global. Mas qual é afinal o credo dessa gente? Esta série esclarece.
 

"A Nova Ordem Mundial é um mundo que tem uma autoridade supranacional para regular o comércio e a indústria mundiais; uma organização internacional que controlaria a produção e o consumo de petróleo; uma moeda internacional que substituiria o dólar; um Fundo de Desenvolvimento Mundial que disponibilizaria fundos tanto para nações livres como para nações comunistas; e uma força policial internacional para fazer cumprir os decretos da Nova Ordem Mundial." 

 

Como é que algo tão grande funciona? 

Descrito por Marylin Ferguson em Aquarian Conspiracy como o oposto de uma burocracia, "o organograma assemelhar-se-ia a uma rede de pesca mal amarrada.... O centro está em toda parte.... A organização não depende de ninguém [grupo ou líder]. " 

 

As redes tomam a mesma atitude, disse ela, não porque sejam coniventes, mas porque partilham os mesmos pressupostos. "As suposições compartilhadas são o conluio." (p.217) Em outras palavras, são evidências de desígnio, mas não de desígnio humano. 
Os porta-vozes de New-Age, ou Nova Era, não se preocupam com o facto de o seu movimento ser sabotado a partir de dentro, devido à sua estrutura deliberada de "rede de pesca mal amarrada". Cada rede é independente das outras e nenhuma organização ou líder é indispensável; portanto, qualquer pessoa que cause um desastre de relações públicas ou decida combater o Plano pode ser eliminada sem danificar a rede, com outros assumindo a função.

O Reverendo Jim Joness levou os seus seguidores a suicidarem-se.


[O fiasco de Jim Jones na Guiana foi um bom exemplo: o Spiritual Community Guide de 1972 listou o seu Templo do Povo como um 'centro espiritual da Nova Era'; após o suicídio em massa, a revista New Age classificou-o como “um exemplo perigoso do fundamentalismo cristão” e ele foi discretamente removido do Guia. A mudança está documentada por Cumbey, Hidden Dangers of the Rainbow, p.60].

Embora se afirme que a Nova Era não tem um núcleo ou estrutura central, existem numerosos organogramas, um centro mundial (Comunidade Findhorn na Escócia) e vários "locais sagrados" onde "mestres" podem ser encontrados - incluindo Jerusalém [o que ajuda a explicar pressão mundial para deslegitimar esta cidade como capital de Israel e sede do Judaísmo]. 


Findhorn Foundation, centro mundial do Movimento New-Age.


A New-Age também tem o seu sacerdócio, certos porta-vozes cujas palavras são recebidas como lei. Eles incluem: Helena Blavatsky, Alice Bailey, Benjamin Creme, David Spangler, Marilyn Ferguson, Mark Satin, Peter LeMesurier, Maharishi Yogi, George Gurdjieff, Pierre Teilhard de Chardin, HG Wells, Nicholas Roerich, Buckminster Fuller, George Trevelyan. [Um dos padres mais populares e influentes da actualidade é Robert Muller, que considero o herdeiro direto de Alice Bailey. Fique de olho nele se quiser acompanhar os novos desenvolvimentos em New Age ao nível global.]

Benjamin Creme afirmou que "Maitreya foi o Instrutor Mundial para a Era de Aquário, e que durante a transição de um ciclo astrológico para outro, os humanos passam por uma aceleração na sua evolução, enquanto experimentam crise após crise" - Creme, B. (2017). The World Teacher for All Humanity. London: Share International Foundation. p. 9.

 

Certos guias espirituais populares "canalizados" hoje são levados tão a sério que são hospedados nas Nações Unidas, por meio de um grupo não divulgado chamado SEAT, a "Sociedade para Iluminação e Transformação".
Esses Espíritos incluem: Kryon, Lord Maitreya e "O Grupo".


 Lee Caroll é um dos "canalizadores" de "Kryon".

 

As “Bíblias” da Nova Era (livros estudados e meticulosamente aplicados) são onde podemos encontrar instruções e objectivos detalhados da Nova Era. 
Alguns deles são: 
Reaparecimento do Cristo e dos Mestres da Sabedoria (Creme), (Bailey) 
A Doutrina Secreta (Blavatsky) [teoria da "raça Ariana"
Revelação: o Nascimento de uma Nova Era (Spangler) [descreve a 'iniciação Luciférica' como um requisito da New-Age]
The Open Conspiracy, Blueprints for a World Revolution (Wells) (pede "críticas destrutivas às religiões de imortalidade pessoal") 
The Critical Path (Fuller) [planos para minar religiões monoteístas pelo uso de computadores] 
The Armageddon Script_ (LeMesurier) (planeia encenar uma "segunda vinda de Cristo" para satisfazer as expectativas cristãs) 
The New Genesis: Shaping a Global Spirituality (Muller) (pede que a Nova Era comece em 2000, p.186) . 
Outros livros mais antigos que são estudados incluem: 
O Evangelho de Aquário (uma obra gnóstica) e a série Urântia (fonte desconhecida). 
Todas as obras de Alice Bailey são estudadas, incluindo: 
Externalização da Hierarquia 
Os Raios e as Iniciações 
Educação na Nova Era e Os Problemas da Humanidade [estes fornecem informações sobre "o Plano para a Nova Ordem Mundial, o problema dos Judeus e do males do seu D'us"]. 
Independentemente das alegações de que o movimento não possui uma doutrina básica exigida, não há nenhum grupo que se autodenomine "Nova Era" que não reverencie "O Plano" e "A Grande Invocação" (a oração da Nova Era para o sucesso do Plano), ambos transmitidos por Bailey através do seu 'guia espiritual', uma entidade chamada "Djwhal Khul" (muitas vezes abreviada hoje em dia para "DK"). 

"Djwhal Khul"

Embora a Invocação seja comercializada como uma oração genérica adaptável a todas as religiões e divindades, a sua formulação cuidadosa foi transmitida pelo guia espiritual de Alice Bailey e explicada aos iniciados de nível superior como um convite à 'Hierarquia dos Mestres Ascencionados' para "ancorar o Plano na Terra" e devolver o "Governante da Humanidade" (Lúcifer) ao seu lugar de direito à frente de um mundo adorador. 
As partes seguintes da série descrevem com mais detalhes a doutrina apoiada pelos líderes da Nova Era em posições-chave hoje, cujos princípios remontam aos escritos de Alice Bailey e/ou Helena Blavatsky.


 A Invocação Luciferiana pode ser vista no site da organização LUCIS, com a menção de que pode ser usada por diferentes religiões:

"Muitas religiões acreditam num Instrutor Mundial, um “Vindo”, conhecendo-o sob nomes como o Senhor Maitreya, o Imam Mahdi, o Kalki Avatar e o Bodhisattva. Esses termos são às vezes usado em versões da Grande Invocação para pessoas de religiões específicas."


 

Fonte


- CONTINUA -


A propósito:


Klaus Schwab apela a um Governo Global (Quarto Reino de Daniel)

Sem comentários:

Enviar um comentário