sábado, 30 de janeiro de 2021

"100 Metros Ciganos": quando os novos comediantes de extrema-esquerda eram racistas


Toda esta rapaziada que alinha com a extrema-esquerda e com a nova Polícia do Pensamento, ainda não há muitos anos fazia piadas que hoje em dia, provavelmente, dariam cadeia - sobretudo se fossem escritas ou protagonizadas por algum conservador. 

Por exemplo, os famosos "100 metros Ciganos", em que duas vendedoras ciganas fogem da Polícia e no fim ROUBAM A CÂMARA:

 
Associar ciganos com roubo! Racismo flagrante! E logo o Ricardo Araújo Pereira, que é comunista desde pequenino...
Os Cebola Mol de Eduardo Madeira (outro esquerdista com lugar cativo nos ecrãs), pelos vistos, retiraram o vídeo do seu maior êxito - Os Mês Irmões Baterem-me (um título racista, que implica que os ciganos não sabem falar de forma escorreita). O vídeo deste mega-êxito (muito promovido pelo Nuno Markl e afins) foi uma super-produção, e agregava uma quantidade de estereótipos que inevitavelmente, hoje em dia, seriam um escândalo e talvez caso de Polícia. Fica o áudio, com um "frame" do famoso vídeo desaparecido:


Aqui, temos uma rábula do programa Anti-Crise, de 2013, em que o tema voltam a ser os ciganos. Mais um friso de actores de extrema-esquerda (passe a redundância, porque toda a malta que aparece no entretenimento televisivo é de extrema-esquerda, ou pelo menos aceita as regras - como o grande Herman José, um conservador de boa cepa que passou quatro anos a debitar as piadas sem graça que lhe escreviam sobre o "Trâmpe").

Repare que aos 2 minutos e 28 segundos o cigano ROUBA O MICROFONE ao jornalista:


 

Associar ciganos com roubo. Outra vez! É uma ideia fixa! Uma ideia racista!

Já aqui, temos uma rábula do Estado de Graça intitulada "O Lelo Mais Fraco" (!!!) que também dispensa comentários, tal a quantidade de estereótipos racistas que encerra. Aos 3 minutos e 15 segundos, O CIGANO AMEAÇA QUE VAI BUSCAR A FAMÍLIA TODA PARA PARTIR O ESTÚDIO, ESPANCAR O APRESENTADOR E MATÁ-LO À FACADA:


Associar os ciganos com violência e assassinatos: RACISMO!

 

A lista poderia prosseguir, mas ficamos por este sketch do Gato Fedorento do comunista, intelectual omnisciente, milionário e destacado justiceiro social Ricardo Araújo Pereira. Para além de pintarem a cara de preto (o "blackface" é um pecado mortal hoje em dia), retratam as pessoas Negras como ignorantes, violentas, preguiçosas, marginais, delinquentes, grafitadoras de paredes, obscenas, sexualmente promíscuas, assassinas e racistas (no final vêem uma pessoa Branca e imediatamente começam a alvejá-la - "Olha! Um Branco!" e PUM! PUM!):


 

Este post fica na nossa secção MARXISMO CULTURAL. Porque estes meninos, cuja formação e experiência de vida provêm sobretudo dos bares e discotecas da moda, repudiariam as piadas, as caricaturas, que eles mesmos faziam até há pouco tempo. Antes de a nova estratégia da Esquerda ter ditado novas (e cada vez mais absurdas) regras. E modas que é necessário seguir, sob pena de nos tornarmos, no mínimo, uns párias sociais. Eis o Marxismo Cultural:

 

 
 

Falámos recentemente (e mais uma vez) desta nova estratégia da Esquerda:

O Fado do RSI (Cigano jura cortar o "coiso" a André Ventura)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

E há quem diga que o discurso de ódio é nosso...


Não se tratando de uma figura pública, não nomeamos a simpática e tolerante senhora. Até porque seria injusto para com todos os extrema-esquerdistas que pensam exactamente como ela. Pensam e FAZEM, sempre que têm oportunidade. O Comunismo já matou mais de 100 milhões de pessoas inocentes.


Escreve o CHEGA:

É este o "sentido democrático" das gentes de ESQUERDA e EXTREMA ESQUERDA.
É esta a forma como encaram aqueles que apenas deveriam ser seus ADVERSÁRIOS políticos.
Está bem patente o ÓDIO, é bem evidente o belicismo do discurso, a incapacidade de agir pela razão.
Perto de 500.000 pessoas consideradas ALVOS.
Só nos resta assinalar a tristeza de quem vive carregando este ÓDIO absoluto a tudo e todos que lhes contrariam a FALSA superioridade moral.
Aqui sim, se encontra expresso um enorme sentido DITATORIAL, uma vontade maior de OPRIMIR o Povo e a Pátria!

#CHEGA #AndréVentura2021 #PorPortugalPelosPortugueses #UmPartidoUmLíderUmDestino #DitaduradeEsquerda #VenezuelizaçãodePortugal

 

Nós escrevemos, citando Olavo de Carvalho:

"Todo comunista, sem exceção, é cúmplice de genocídio, é um criminoso, um celerado, tanto mais desprovido de consciência moral quanto mais imbuído da ilusão satânica da sua própria santidade.

Nenhum comunista merece consideração, nenhum comunista é pessoa decente, nenhum comunista é digno de crédito.

São todos, junto com os nazistas e os terroristas islâmicos, a escória da espécie humana.(...)

Sim, os comunistas são diferentes da humanidade normal. São diferentes porque se acham diferentes. São inferiores porque se acham superiores. São a escória porque se acham, como dizia Che Guevara, “o primeiro escalão da espécie humana”.

Eles têm, no seu próprio entender, o monopólio do direito de matar. Quando espalham bombas em lugares onde elas inevitavelmente atingirão pessoas inocentes, acham que cumprem um dever sagrado. Quando você atira no comunista armado antes que ele o mate, você é um monstro fascista. (...)

Quem pode esperar um debate político razoável com pessoas de mentalidade tão deformada, tão manifestamente sociopática?

Um comunista honesto, um comunista honrado, um comunista bom, um comunista que por princípio diga a verdade contra o Partido, um comunista que sobreponha aos interesses da sua maldita revolução o direito de seus adversários à vida e à liberdade, um comunista sem ódio insano no coração e ambições megalômanas na cabeça, é uma roda triangular, um elefante com asas, uma pedra que fala, um leão que pia em vez de rugir e só come alface. Não existiu jamais, não existe hoje, não existirá nunca."

OLAVO DE CARVALHO - A ESCÓRIA DO MUNDO

 

Imagine se fossem apoiantes de André Ventura a protagonizar cenas como estas:

Estariam todos presos e não se falaria noutra coisa. O CHEGA seria ilegalizado.

 

Ameaças de morte dirigidas a André Ventura e aos apoiantes do CHEGA são o trivial. E ninguém liga nenhuma. O Sistema até agradece - e mais agradecerá se as concretizarem.

A extrema-esquerda, há uns meses, encenou uma FARSA grotesca de "ameaças de morte" contra o pessoal do Bloco, e o País parou! Foi escândalo, consternação nacional, estado de sítio! O inefável Professor Martelo até interrompeu as férias!!!





 

O MAUZÃO, O FASCISTA:


OS DEMOCRATAS, OS PACIFISTAS, OS BONZINHOS:

 

André Ventura apedrejado em Setúbal por democratas e pacifistas

Democratas e pacifistas aplaudem o apedrejamento de André Ventura

Quem são afinal os fascistas?

Mamadou Ba diz que se deve MATAR O HOMEM BRANCO


quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto




Nos 76 anos da libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, aceite o nosso convite e visite o Museu do Holocausto dos Estados Unidos (em Português).
Cada vez menos pessoas sabem deste extermínio em massa, organizado e planificado pelo regime Nacional-Socialista/Nazi da Alemanha. O Holocausto foi uma das páginas mais negras dos genocídios comunistas/socialistas. 
Ainda menos pessoas sabem do extermínio de mais de 100 milhões de inocentes pelos regimes Socialistas/Comunistas (U.R.S.S./União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, República Popular da China e outros).

Os genocídios comunistas são menos falados porque a U.R.S.S., ao princípio aliada da Alemanha, com quem trocava "metodologias de extermínio de judeus", acabou por mudar de lado na 2ª Grande Guerra, e ainda hoje o Socialismo/Comunismo partilha dessa aura de ter ajudado a derrotar o Nazismo. Os partidos nazis são proibidos (e bem!), mas os partidos comunistas ainda são permitidos (infelizmente!).

 

A contabilidade macabra dos maiores genocidas da História recente; cada gota de sangue representa 1 milhão de mortos: 


Os judeus foram perseguidos e massacrados em ambas as versões do Comunismo. Na versão soviética/internacionalista, foram perseguidos porque na altura a maior parte dos judeus eram pessoas religiosas, e o Comunismo combate ferozmente a religião.

Não tem cabimento a falácia antissemita de que muitos judeus eram comunistas. Pelo contrário, os judeus no Leste foram historicamente vítimas de 'pogroms' (limpezas étnicas). Infelizmente, nas lideranças comunistas, aí sim, havia uma percentagem importante de judeus. Os judeus, historicamente, costumam juntar-se a movimentos de progresso social, e o Comunismo trazia essas promessas (grossa ilusão). Acresce que os judeus, tradicionalmente, costumam ser letrados, e na época não havia muitas pessoas com habilitações literárias para ocupar cargos destacados no regime; por isso, avançaram muitos judeus.

 

Já no Nazismo, Hitler soube acicatar o ódio e a inveja das massas em relação aos judeus. A Alemanha, derrotada na 1ª Grande Guerra, debatia-se com uma profunda crise económica. Entre os judeus, havia muita gente inteligente e trabalhadora, havia gente próspera em número suficiente para irritar. Hitler fez crer que eram os judeus ricos os culpados por haver alemães pobres. Os judeus alemães voluntariaram-se em massa para a 1ª Grande Guerra, onde constituíram a maior percentagem das baixas (por dever cívico e patriotismo, os judeus voluntariam-se sempre em massa quando os seus países entram em guerra). Os judeus alemães estavam bem integrados na sociedade alemã, consideravam-se alemães mais do que judeus, mais precisamente "alemães de confissão religiosa Moisaica".

Mas essa foi apenas uma cortina de fumo. Hitler não perdoava aos judeus o pecado colectivo de terem "inventado a Consciência". A ideologia nazi assenta no Ateísmo, no Ocultismo e no Neo-Paganismo. Os judeus foram vítimas de um novo tipo de racismo, proposto por figuras como Helena Blavatsky - o racismo espiritual.

Se quer saber mais sobre este assunto, leia, sff:

 


Ocultismo, New-Age, Nazismo e Extrema Esquerda

A conexão Maitreya - Hitler (1)

A conexão Maitreya - Hitler (2)

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Coronavírus - O Encobrimento do Século (e muito mais)



"MISSÃO CUMPRIDA"


"Este documentário segue a investigação da repórter Simone Gao sobre questões críticas da pandemia: O que a liderança comunista fez no início do surto? Que verdades relevantes omitiram do mundo, e por que fizeram isso? O documentário também esclarece sobre os responsáveis por permitir que o PCC agisse irrestrito e o que pode ser aprendido do histórico das relações da China Comunista com o Ocidente."
 
 

"A Bielorrusia NADA fez contra a pandemia, e recusou dinheiro (suborno) do Banco Mundial para fazer lockdown (950 milhões de dólares). De acordo com a imprensa, Lukashenko é o último TIRANO da Europa. As imagens demonstram bem o nível da tirania e da opressão do pobre povo da Bielorrússia. Sortudos somos nós, por termos líderes que se preocupam connosco, e nos deixam viver em liberdade."

 

 


 


"Pandemia: «Não há justificação para esta paranóia. Como é que a gripe não fecha a sociedade, mas a covid-19 fecha?» — Jorge Torgal (médico, membro do Conselho Nacional de Saúde Pública) Original completo: https://youtu.be/qFKT4xUGlVQ (13/01/2021)"
 



"Pandemia: «Atirar a culpa para cima das pessoas é inadmissível! O poder político que reconheça os erros» — António Lobo Xavier"
 



"Pandemia: «Houve mais mortes de gripe em 1998/99 só em seis meses do que de covid-19 em nove meses. A comunicação social incutiu medo nas pessoas. Há uma epidemia paralela de mortes por outras doenças» — Jorge Torgal, médico especialista em saúde pública."
 
 

 

Mais de 10 mil mortes, perfeitamente escusadas, desde Março, devido a cirurgias e consultas adiadas. A estratégia do governo português tem sido, no mínimo, desastrosa. E não somos nós que o dizemos - ouça o presidente do Sindicato Independente dos Médicos, que ele diz mais e com muito maior conhecimento de causa.

 

(E já reparou que a culpa do Covid nos Estados Unidos era do "Trâmpe", mas agora que o "Trâmpe" saiu a doença alastra descontroladamente e a culpa já não é do Biden - que prometeu "achatar a curva em duas semanas"? Aliás, os Estados Unidos de Biden estão a naufragar, a violência dos anarquistas e dos comunistas nas ruas - cuja culpa também era do "Trâmpe" - não parou, e o país transforma-se numa espécie de Venezuela).

 



Alguns posts da nossa secção CORONAVÍRUS:

 

Tedros Adhanom, Chefe da OMS, pode ser julgado por genocídio

O que está por trás da chamada "pandemia"?

Corona: "Confinamento tem efeito zero

Quarentena foi um erro

Coronavírus: Mentiras da China acumulam-se

França: 55% dos "migrantes" infectados com Covid-19

Mais de 110 países apoiam investigação ao ataque chinês por coronavírus

COVID foi “modificado em laboratório” para criar infecção humana?

“COVID é a maior FARSA jamais perpetrada contra um público desavisado”

250.000 mortes por coronavírus encaixam perfeitamente no plano dos democratas

Bélgica: Máscaras cirúrgicas SÓ PARA MUÇULMANOS!

Corona: Globalista Macron dá ordem para deixar os velhinhos morrer

Coronavírus: Calma! Ele só querem levar os seus filhos à força!

A PATRANHA das "centenas de milhar de mortes por coronavírus"

Falso estudo sobre cloroquina mata 11 pessoas

JORNALISTAS MENTIROSOS dizem que homem morreu "após ingerir hidroxicloroquina por causa de Trump"

Nova Ordem Mundial boicota o "medicamento de Trump" para o coronavírus

 

domingo, 24 de janeiro de 2021

O Fado do RSI (Cigano jura cortar o "coiso" a André Ventura)

NOTA EM 30.1.2021: VEJA COMO A EXTREMA-ESQUERDA E AFINS CONTINUAM A FAZER MARCAÇÃO CERRADA AO NOSSO MODESTO BLOGUE. BASTOU TERMOS PUBLICADO ESTES VÍDEOS, PARA OS MESMOS COMEÇAREM DE IMEDIATO A SER CENSURADOS. É O MODO DE A ESQUERDA TRABALHAR: APAGAR A VERDADE. NOS PAÍSES QUE ELES GOVERNAM, ENCOSTAM QUEM DIZ A VERDADE À PAREDE E FUZILAM-NO. FELIZMENTE FIZEMOS CÓPIAS, OU OS MENTÍGRAFOS IRIAM DIZER QUE ERA MENTIRA...

 

Este amigo aqui em cima apareceu noutro dia numa reportagem a difamar André Ventura, no papel de pobres oprimidos vítimas de racismo. O vídeo mostra outros membros de "minorias pobres e oprimidas", que oferecem carros topo de gama aos miúdos, assim como nós, as "maiorias opressoras", oferecemos uma bicicleta.  Não temos nada contra as pessoas que andam de carro topo de gama, mas não nos atirem poeira para os olhos. Veja o mesmo cavalheiro num vídeo mais abaixo, exibindo os seus ornamentos de ouro, gabando-se de que os adquiriu sem trabalhar.

 


Toda a gente é livre de andar nos carros que quiser.

Nota prévia: há pessoas honestas e trabalhadoras, íntegras, em todos os grupos sociais, em todas as religiões, etnias, extractos sócio-económicos, ideologias políticas. Do que falamos aqui é da chamada Política de Identidade/Marxismo Cultural, uma estratégia de diferenciação e de racismo positivo - que não deixa de ser racismo. Para nós, conservadores, todas as pessoas gozam da mesma dignidade e são (deveriam ser) absolutamente IGUAIS em direitos e deveres.

P.S: Actualizado com um simpático senhor que jura pela alma do pai dele que vai cortar o pénis a André Ventura. Um português de bem, claro; todos os portugueses são gente de bem, ao contrário do que diz o "divisivo" André Ventura.

Segue o post:
O FADO DO RSI
Enquanto uns cantam o Fado do RSI:

 

 



 

Outros vivem na rua. Outros morrem de fome e frio:


Por apontarmos injustiças sociais como estas (que são o retrato de um problema generalizado em Portugal) somos apodados de "populistas" e "racistas". O insulto é o argumento de quem não tem argumentos.

 

O exemplo seguinte (a menos que se trate de uma cena de um programa humorístico) é muito elucidativo:

 

 

O tal senhor que apareceu na reportagem anti-Ventura, a fazer o ppel de pobrezinho oprimido a viver na mais atroz miséria:




Quando exemplos como estes vêm à baila, o argumento do cidadão médio é de que "há quem roube muito mais". E é verdade; as elites políticas roubam ainda mais MILHÕES:


Clique e pasme!

 

Temos uma elite corrupta que nos desgoverna e uma clientela fiel que ajuda a manter essa elite no poder (os que têm os seus tachos graças ao cartão partidário, os vão na propaganda da TV e os que sabem cantar bem o fado do RSI). 

E temos a chamada classe média, que trabalha no duro, que paga tudo mais caro que na Europa, que paga os impostos mais elevados da Europa, que vive com dificuldades e que vê Portugal, como sempre, pobre, na cauda da Europa.

ESTE VÍDEO EXPLICA EXEMPLARMENTE A ESTRATÉGIA DE DESTRUIÇÃO DO MUNDO LIVRE:


E cá está o senhor que, por receio de "perder os rendimentos", jura pela alma do seu pai que vai cortar o pénis a André Ventura:

O que aconteceria a André Ventura se ele ameaçasse cortar o pénis a este senhor? O que aconteceria a qualquer conservador que tivesse este discurso de ódio?


(Mas não vá já embora. Acenda o cachimbo, prepare um chá e fique connosco mais um pouco).

 

A NOVA POLÍTICA DA ESQUERDA


A Esquerda abomina a felicidade, a liberdade e a prosperidade. Considera-as um "aburguesamento" intolerável. A Esquerda ama a opressão e a miséria generalizada (vulgo "igualdade").

 

Nas últimas décadas, à medida que as condições de vida das populações foram melhorando, à medida que as sociedades saíram da pobreza, os cidadãos passaram a ter alguma coisa a perder - e consequentemente, a mensagem socialista/comunista, de destruir tudo e reconstruir uma sociedade baseada na igualdade (IGUALDADE NA MISÉRIA para o Povo, e opulência para os aparelhistas do Partido),  deixou de ser apelativa para as massas.

Nos países do Mundo Livre, judaico-cristão, de iniciativa privada, em que cada qual é livre de seguir os seus sonhos, buscar prosperidade pelos seus meios, tornar-se proprietário de um negócio, viver o melhor que pode  e sabe, as condições de vida foram naturalmente melhorando, e o voto nos partidos da extrema-esquerda tornou-se residual (apenas alguns jovens idealistas e alguns frustrados que  gostam de ver o mundo arder votavam à Esquerda nos países prósperos do Mundo Livre).

Por isso, a Esquerda reinventou-se. Criou um novo "proletariado" e passou a importar eleitores. 

Os eleitores importados vêm dos países islâmicos e africanos. Todos esses "migrantes" votam, naturalmente, em quem lhes abre as portas (de tal modo que já decidem eleições na Europa e quase todos os partidos passaram a cortejar-lhes o voto).

O novo "proletariado", os protagonistas da nova "luta de classes" (que é a única forma como a Esquerda consegue ver o Mundo), a Esquerda tratou de o engendrar convencendo grupos sociais (mulheres, muçulmanos, homossexuais, afro-descendentes, certas minorias étnicas) de que são oprimidas no Mundo Livre (o único lugar do Mundo onde são realmente livres e ninguém lhes faz mal).

Graças aos media, às Universidades e à "Cultura", que domina inteiramente, a Esquerda incutiu nas massas a ideia de que certos grupos sociais são inerentemente "oprimidos". 

Em vez de buscar cada vez mais a sua propalada "igualdade", a Esquerda pugna pela diferenciação positiva dos grupos de eleitores que lhe interessam. E pela diferenciação negativa do único grupo que lhe interessa abolir - o homem Branco, heterossexual, judaico-cristão, trabalhador e ordeiro.

 

Brandon Hasbrouck quer que os votos dos Brancos contem metade dos dos Negros - isto sim, é racismo.
 
De tal forma que já vemos professores universitários (a Esquerda tudo domina...) que propõem com a cara mais séria deste mundo, que os votos das pessoas Negras contem o dobro dos das pessoas Brancas. E nem é de admirar, quando vemos o muçulmano, supremacista Negro, antissemita, comunista, Mamadou Ba, a apelar sem rodeios ao extermínio das pessoas Brancas:
 


Outra estratégia da Esquerda passa por colocar pessoas desses grupos em lugares de liderança política, como temos visto na Europa, Estados Unidos ou Canadá. Uma Illan Omar, Uma Joacine Katar, por serem mulheres, Negras e (pelo menos um delas) muçulmanas, estão acima de qualquer crítica, podem fazer o que quiserem. Quem for contra é "racista", "machista" e "islamofóbico".

Fornadas de pessoas com perfil "étnico" estão a ser promovidas pela extrema-esquerda para desempenharem esse papel. Na falta delas, há até quem se pinte de castanho - aqui mesmo em Portugal, após diversos escândalos internacionais).

Por enunciarmos estes simples factos, por desmascaramos estes movimento de destruição da Sociedade e de SUBSTITUIÇÃO POPULACIONAL, seremos decerto insultados como "supremacistas Brancos".

 

Clique e pasme!
 

A PERMANENTE CONTRADIÇÃO DA ESQUERDA

 

Este famoso gay comunista pró-islamista não vê problemas em que os gays sejam executados nos regimes comunistas e islamistas.

 

O insulto, o slogan fácil, são os únicos "argumentos" que a Esquerda consegue contrapor a quem lhe aponta as contradições.

Nos países comunistas, os homossexuais são abatidos ou internados em campos de extermínio, mas  por cá, os homossexuais são levados em ombros, quase divinizados. Porque rendem votos e ajudam a dar a imagem de que vivemos no pior dos mundos.

Nos países comunistas a fome, a opressão e o partido único são a regra, mas por cá, a Esquerda berra "Democracia! Igualdade! Prosperidade!".

Nos países islâmicos (que a Esquerda apoia fervorosamente) as mulheres gozam de estatuto abaixo de objectos. Mas a Esquerda, por cá, assume-se paladina dos direitos das mulheres.

Nos países islâmicos não há liberdade religiosa, na maior parte deles os adeptos de outras religiões são exterminados. Nos países comunistas e religião é proibida ou severamente limitada, apenas para fins cosméticos.  Mas por cá, a Esquerda berra contra a "islamofobia" e grita pela "liberdade religiosa".

Nos países islâmicos (que a Esquerda apoia fervorosamente) as pessoas Negras e são comerciadas em mercados de escravos  e as asiáticas não são tratadas muito melhor (já o mostrámos profusamente). Mas por cá, a Esquerda reivindica o monopólio da luta contra o "racismo" (que por cá praticamente não existe, mas para a Esquerda a realidade não conta para nada). Aliás, nos países comunistas as minorias étnico-religiosas são exterminadas, como a China faz com os Uigures, que são muçulmanos.

A Esquerda não é propriamente uma ideologia. É uma estratégia de tomada do poder.

Neste momento, a estratégia passa por cumular certos grupos de benesses, tratá-los como vítimas do Homem Branco, e deixar o Homem Branco morrer de fome e frio na rua, se tiver o azar de cair na pobreza.

 

 

“Fronteiras abertas são a fonte da força da Europa”, diz o Secretário-Geral da ONU

 (Não esqueça que a ONU é dominada hoje em dia pelos países comunistas e islâmicos, que têm interesses comuns: nomeadamente a destruição total do Mundo Livre, começando pelos Estados Unidos e Israel, os seus países-matriz).

* Alguns exemplos da guerra às pessoas de pele branca, cumpridoras da Lei, trabalhadoras, judeo-cristãs:

 

EURÁFRICA - Vêm aí 150 a 200 milhões de africanos

VÍDEO - “Estamos a invadir-vos. Não gostamos do vosso país. Estamos cá para vos explorar.”

Supremo Tribunal de Israel abre a porta a milhões de ilegais africanos

"MATEM OS BRANCOS!"

"Brancos agredidos brutalmente por negros: imagens terríveis..."

Líder muçulmana dos Black Lives Matter declara que brancos não são humanos e apela ao seu extermínio

A Intifada da Margem Sul

O Caso Giovani e a Guerra Racial dos Mamadous

Quem matou Giovani e a guerra racial em curso

Caso Jamaica: Bloco de Esquerda quer Portugal a arder

Polícia mordido, motorista espancado e... "racismo"!

Candidata democrata Negra falsifica o seu espancamento e sequestro em directo no Facebook

"Manifestantes" matam David Horn, polícia e Negro, e ninguém liga

VÍDEO: Polícia brutalmente espancado. Espectadores riem e transmitem no Facebook.

Menino de 5 anos executado a tiro por afro-americano: Silêncio dos media causa indignação

Aeroporto de Gaulle ocupado: “A França não pertence aos franceses!”

"Os brancos devem sair de África e deixar os africanos invadir a Europa"

“A França é um país racista. Somos mais espertos que os brancos. É um país de analfabetos ”

LIVRE: Nova afronta à bandeira nacional e a PORTUGAL

"O homem branco não pode ter razão contra uma negra e uma árabe" - Maboula Soumahoro

Felipe Neto recomenda SODOMIA

  Olavo de Carvalho avisou - é atrás das crianças que eles andam! Felipe Neto, o ídolo da juventude, o queridinho do Sistema, o modelo para ...