terça-feira, 13 de julho de 2021

VÍDEO: Homem biológico tenta amamentar criança, com consequências previsíveis...

Incapaz de chegar ao poder pelo voto ou pelas armas, a extrema-esquerda leva a cabo desde há décadas um trabalho de destruição do senso-comum e das bases da Sociedade normal.

Tudo está mal. Tudo é capitalismo e machismo e homofobia e racismo e o diabo a sete!

Tudo o que é normal e evidente tem de ser questionado, combatido e mudado. A noção de que existem dois sexos, por exemplo, é uma das causas de estimação da nova extrema-esquerda enlouquecida, que considera que Homem e Mulher são invenções do "capitalismo" e do "patriarcado" e que na verdade existem dezenas de "géneros". (É que na Bíblia estão lá os arquétipos Adão e Eva, e, como tal, há que demolir essa bizarra ideia judaico-cristã).

As coisas começam nas escolas, junto das crianças (para citarmos apenas os dois posts anteriores):

"Quem quer ser uma drag-queen quando for grande?..."

"Macaco Arco-Íris de Rabo à Mostra com um Pénis Artificial a Abanar" incentiva as crianças a ler

E acabam na mais completa alienação:
 
"Mãe" biológica masculina tenta amamentar recém-nascido que o seu "namorado" biologicamente feminino deu à luz.

“O bebé tenta mamar, mas eu ainda não consegui produzir nenhum leite ...” 

Ora esta! Quem diria que um homem biológico não pode produzir leite materno?

 

NDT: Confuso? Nós também ficámos. Tivemos que reflectir durante uns bons 10 minutos para perceber o que se passa aqui:

Uma mulher "mudou de sexo" para homem, retirou as mamas, mas conservou o útero para poder engravidar e dar à luz o filho gerado pelo seu companheiro homem, que por sua vez "mudou de sexo" para mulher... e agora está muito surpreendido porque não consegue produzir leite!

Ainda confuso? Compreendemos perfeitamente!

 

O 100 % Fed Up reporta: Determinados a empurrar a sua depravação pela goela abaixo do seu recém-nascido, tanto literal quanto figurativamente, os novos pais com doenças mentais expressam consternação por não serem capazes de amamentar o seu bebé naturalmente. Em retrospectiva, talvez o "pai" devesse ter mantido os seus seios quando decidiu manter o seu útero.

 

O VÍDEO:


Os novos pais recusaram-se a preencher os documentos de identificação do recém-nascido porque isso exigiria que a mulher que deu à luz (de óculos) fosse listada como a mãe e não o homem (cabelo preto, fingindo amamentar) que não deu à luz:
 

Choroso, mas determinado, o novo pai exclama com segurança: "Vamos complementar a alimentação com suplemento de leite, para que o meu bebé receba os nutrientes de que precisa".
Talvez o pai-mãe esteja confundido com a palavra suplemento, que o dicionário Merriam-Webster define como "algo que completa ou faz uma adição". Para começar, não é possível complementar algo se não se tiver nada. O bebé não será suplementado com leite em pó, será sustentado apenas com leite em pó! (...)

 Notícia original e vídeos com melhor definição no: 

 

Pode dar vontade de rir, mas não tem graça nenhuma. O Marxismo Cultural está a destruir vidas desde o berço.
Este caso é um espelho de uma sociedade em agonia, empenhada em elocubrações teóricas absurdas, enquanto a sinistra China comunista se torna a super-potência global, a invasão islâmica alastra, a ditadura covidiana rouba os filhos aos pais e os jornaleiros amestrados enfiam todas estas coisas pelas nossas goelas abaixo, como exemplos de "tolerância" e "avanço civilizacional".
É impossível não se pensar na queda do Império Romano.

 

Mas não esqueça: nós, os conservadores, é que somos doidos e intolerantes!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Felipe Neto recomenda SODOMIA

  Olavo de Carvalho avisou - é atrás das crianças que eles andam! Felipe Neto, o ídolo da juventude, o queridinho do Sistema, o modelo para ...