quinta-feira, 15 de outubro de 2020

A estátua de ouro de Netanyahu

Se está familiarizado com o nosso blogue, decerto já visitou a secção  PALYWOOD e o site com o mesmo nome:
Jornalistas, ONG's, maralha de extrema-esquerda em geral, paga em geral por capitais islâmicos e pelo nazi George Soros, produzem e espalham na Internet peças de propaganda antissemita das mais sujas que se pode imaginar.

Por sua vez, a Imprensa que gosta de proclamar isenta e profissional e blablabla, não consegue dominar o ódio que a consome, perde toda a vergonha e produz atrocidades como esta:

O famoso "Liberation" postou esta foto de uma estátua de ouro do primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu erguida em frente à câmara municipal de Tel Aviv:

A legenda da foto pretendia sugerir ao leitor que a estátua havia sido erguida pelos serviços oficiais israelitas para glorificar o chefe de governo, como o que se pratica nas ditaduras mais atrasadas do planeta.


O InfoEquitable expôs a ALDRABICE do "Liberation": 
A instalação da estátua foi na verdade uma farsa organizada por ... opositores de Netanyahu!

(Mas os milhões de pessoas em todo o Mundo que viram mais esta atrocidade, nunca saberão que se trata de mais uma suja aldrabice jornaleira. E pedra a pedra se constrói a muralha do antissemitismo).

Hoje como sempre, o que acontece aos judeus acaba por acontecer depois aos seres humanos propriamente ditos. Israel não é apenas o campo de testes da jihad global; é também o campo de testes da jihad jornalística global. 

 

- O EUROPE-ISRAEL distribui anualmente os seus prémios de jornalismo antissemita (passe a redundância).

 

Este post fica arquivado na nossa secção:


 (Desculpem, porcos)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Von Der Leyen ameaça cortar víveres aos italianos (VÍDEO)

  Von Der Leyen ameaça cortar víveres aos italianos se votarem mal: “Veremos o resultado da votação na Itália. Se as coisas forem numa dire...