terça-feira, 13 de outubro de 2020

Joe Biden exorta eleitores muçulmanos à jihad

Joe Biden foi o lacaio-mor do muçulmano queniano Barack Hussein Obama, que financiou a jihad global, financiou o regime terrorista do Irão, patrocinou o extermínio de cristãos e outros infiéis, fechou-lhes as portas (que abriu aos seus irmão de fé muçulmanos),  encheu o governo norte-americano de terroristas da Irmandade Muçulmana, e deixou os Estados Unidos de joelhos, à beira da ruína. A chantagem mediática sobre os eleitores (ou elegiam Obama ou eram "racistas") levou a este descalabro. Depois, chegou Trump e salvou a América (e está a salvar o Mundo, Deus o abençoe).

 

 

Pode dar uma vista de olhos na nossa secção OBAMA para ter uma ideia da acção perniciosa deste assassino de massas, guindado à santidade pelos jornaleiros amestrados.

Biden, se for eleito, continuará essa política - começando pela reabertura das fronteiras aos milhões de colonos maometanos, como ele próprio afirma, orgulhosamente, no vídeo abaixo.



O ex-vice-presidente de Obama, Joe Biden, num anúncio recente difama a Polícia - e pede aos eleitores muçulmanos que façam a jihad.

A maioria dos americanos não percebeu ou viu, mas o democrata Joe Biden, num anúncio recente, exortou os eleitores muçulmanos a fazerem a jihad (guerra santa contra os não muçulmanos). 
O ex-vice-presidente de Obama pediu aos eleitores muçulmanos que empreendessem a jihad e atacassem a Polícia.

No anúncio, Obama afirma que 2020 é o nosso ano enquanto mostra um jovem negro sendo libertado por um polícia. O anúncio diz:
"Podemos ver claramente que a América está a lutar pela sua própria alma."

Então o vice-presidente democrata diz o seguinte:

"O profeta Maomé, disse, quem entre vocês vê o mal, que mude com a mão. Se ele não conseguir fazer isso, então com a língua. Se ele não puder fazer isso, então com o coração."

Este é um chamamento para a jihad na fé muçulmana.


Aqui está um composto do vídeo lançado por Biden fornecido por Yaacov Apelbaum:

 

Biden ao menos saberá o que está a fazer ou a dizer?

 

 
 Traduzido e condensado de:

 

Este vídeo, que foi criado pela VOA (Voice of America/Voz da America), foi um endosso gratuito para a campanha de Biden.

Ele foi criado usando o tempo do governo e, provavelmente, o financiamento e as instalações também. Em seguida, foi promovido no Facebook e no Twitter. Incluía a marca d'água VOA. É anti-Trump, pró-Biden. Também incluiu o democrata Joe Biden pedindo uma Jihad enquanto sugeria que a Polícia é abusiva.

 


Não foi apenas para o ar na VOA, no site em urdu, mas também foi transmitido e promovido na PBS.

Os quatro indivíduos da VOA que criaram o vídeo foram supostamente identificados, mas puderam manter os seus empregos porque as autoridades que analisaram o caso concordaram que era o primeiro crime e, portanto, eles foram autorizados a permanecer empregados.

 

Traduzido e condensado de:


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Suspendemos aqui as postagens regulares

  A todos os excelentes amigos e fiéis leitores, que sempre nos honraram com o seu apoio, o nosso MUITO OBRIGADO!